economiacapixaba

Archive for março \14\UTC 2013|Monthly archive page

Algumas reflexões sobre a noção de desenvolvimento (*)

In Desenvolvimento Capixaba on 14/03/2013 at 9:14

Por:  Jorge Luiz dos Santos Junior (1)

001

Ainda por volta da primeira metade do século XX a questão do desenvolvimento das nações esteve associada exclusivamente à ideia de crescimento do produto econômico. Notoriamente, essa relação apresenta certo grau de relevância, sobretudo ao assumirmos uma perspectiva Keynesiana, na medida em que parece haver uma relação próxima entre crescimento econômico e melhoria das condições de vida das nações, derivada do aumento do emprego e da renda.

A partir dessa perceptiva, e rompendo com a hegemonia teórica do mainstreamdo pensamento econômico e sua “Teoria das Vantagens Comparativas”, vários estudiosos, olhando para os países mais atrasados considerando uma “escala de desenvolvimento”, passaram a diagnosticar a necessidade de transformação de suas estruturas produtivas a fim de promover o crescimento.

Leia o resto deste post »

Políticas Públicas de Inovação e Falhas de Mercado

In Inovação, Política Pública on 07/03/2013 at 23:45

Por: Erika Leal, Felipe Thomes, Luiz Gabriel Herzog

innovationma das características marcantes da formulação das políticas públicas voltadas para inovação nos governos nacionais, regionais ou locais é a utilização crescente da abordagem dos Sistemas Nacionais de Inovação (SNI). Os SNI´s geralmente são concebidos na literatura como

um arranjo institucional envolvendo múltiplos participantes: 1 – firmas e suas redes de cooperação e interação; 2 – universidades e institutos de pesquisa; 3 – instituições de ensino; 4 – sistema financeiro; 5 – sistemas legais; 6 – mecanismos mercantis e não-mercantis de seleção; 7 – governos; 8 – mecanismos e instituições de coordenação. Esses componentes interagem entre si, articulam-se e possuem diversos mecanismos que iniciam processos de “ciclos virtuosos”. (ALBUQUERQUE, 2004)

 Os anos recentes continuaram sendo marcados pela busca de melhores indicadores e metodologias para estudar os sistemas de inovação. Ainda assim, nota-se que até os dias atuais permanecem as dificuldades relacionadas à confiança nos indicadores de performance desses sistemas, como o número de patentes.

Leia o resto deste post »